De Ninguém a 21 de Maio de 2008 às 13:03
Uma pequena correcção: estamos a falar de Amstetten e não de Viena (cidade onde ficou alojada Natascha Kampusch). Creio que os fiscais municipais desse burgo (dos quais faço parte) foram caluniados. Contudo, deve ser apontada a cada vez maior diversidade nas construções subterrâneas da Áustria. Desde a simples "cave dos castigos" até a sofisticada "mansão dos horrores com marquise para a crosta terrestre". A arquitectura subtérrea tem sido um dos grandes investimentos deste país e um motor de promoção do turismo. Qualquer dia, investigam qualquer cidadão que construa um abrigo contra tornados numa zone onde nunca foi registado um desses fenómenos. E se o desgraçado tiver lá colocado jaulas e instrumentos medievais de tortura, está mesmo lixado com as autoridades.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.