Quarta-feira, 21 de Maio de 2008

Na tua cave ou na minha?

Nos últimos tempos, tenho sido surpreendido (ainda) com toda uma panóplia de notícias e respectivas reacções  que me levam a concluir que o fim do mundo, como o conhecemos, está próximo.

 

Começo por atentar no assunto favorito do povo austríaco: as caves. Para quem não sabe, eu trabalho em vinhos e, no meu local de trabalho, não há caves. Mas temos pena.

Contudo, se decidíssemos construir uma cave, contrataríamos Jozef Fritzl como engenheiro da obra. É que não é qualquer um que consegue construir uma cave e ir adaptando-a ao longo do tempo de forma a caberem lá uma filha, 7 filhos-netos e um cadáver (um dos putos morreu ainda durante o concubinato incestuoso). E suponho que tenha sido uma obra clandestina... Não estou a ver o Fritzl a ir à Rathaus (ou à câmara municipal) pedir uma licença de contruçã0.

 

- Boa tarde, Herr Fritzl. Então a família?

- Vai-se andando, sabe como é. A mais velha já está prenhe outra vez.

- Ah sim? e já sabe se é menino ou menina?

- Ainda não se sabe, é cedo...

- Então isso quer dizer que quer fazer um acrescentozinho, certo?

- Pois, lá tem que ser...

- Pois concerteza. Na segunda-feira passa lá o inspector, sim?

 

Dá-me a impressão que algumas cabeças na Câmara Municipal de Viena da Áustria vão rolar. Sempre era uma obra clandestina (mas muito bem executadinha - repararam que o avô-pai até pôs uns azulejos com patinhos na mini casa-de-banho? Ele não pode ser assim tão mau.)

 

- Boa tarde, Herr Fritzl. Então a família?

- Vai-se andando, sabe como é. Venho registar mais um.

- Ah sim? e é menino ou menina?

- é um pilas como o pai. o avô. o pai....

- Sim senhor, então como se vai chamar o petiz

- Jozef, como o pai. e o avô.

- Oh xôr Fritzl, não será mais fácil você adoptá-los?

 

Já agora, os miúdos são irmãos-primos entre eles? E em relação à mãe da cachopa raptada, os filhos são o quê? Netos-enteados? E são irmãos-filhos da mãe? E netos-filhos do pai?

Esta família vai fazer a fortuna de muitos psicoterapeutas, psicólogos e empresas de cartões de aniversário..

 

Já reparei também que, no meio erudito da construção civil, surge todo um leque de novas expressões que têm como denominador comum a história macabra do Fritzl (no fundo, um camarada de trabalho)..

Até agora já ouvi "se fosses minha filha, fechava-te numa cave e fazia-te um filho" ou "na tua cave ou na minha?", mas a imaginação do português é fértil e o tempo fá-la medrar. Dêem-me mais umas semaninhas e ainda faço uma compilação.

Tou: Cavernoso
Oiço: "Curse of Millhaven"-Nick Cave/"O Avô Cavernoso"-ZecaAfonso

Quinta-feira, 15 de Maio de 2008

Estes Austríacos são doidos...

Suspeitei quando alguns jogadores da selecção de futebol lançaram uma petição para que não participassem no campeonato europeu da mesma modalidade, o qual, por acas, é organizado por eles. Verdade seja dita que, de outra forma, não iriam lá...

 

Achei estranho que uma miuda ke teve 8 anos "sequestrada" na casa de um "raptor" que se suicidou de seguida aprentasse sempre uma calma e uma frieza que não me pareceria normal numa situação destas... E não me falem do Síndrome de Estocolmo, por amor da santa.

 

Também achei bizarro que o Daughterfucker tivesse tido 8 filhos (serão netos-filhos?) da propria filha e a tivesse guardadita na cave (mais os filhos-netos) durante uns breves 24 anos, e ninguém tivesse sequer suspeitado do jardim infantil ...

 

Mas agora a mesma menina sequestrada  faz isto:

 

Natascha Kampusch compra casa onde esteve presa 8 anos

 

Natascha Kampusch, a jovem austríaca que foi sequestrada aos 10 anos por Wolfgang Priklopil, comprou a casa onde viveu presa durante oito anos.

A jovem já tinha dado conta, há dois anos, da sua intenção de comprar a casa que pertencia ao seu sequestrador, uma vez que quer evitar que o local se torne «atração turística» para curiosos.

Com 20 anos, Natascha Kampusch reconhece a ironia da sua acção e do facto de agora pagar a electricidade, a água e os impostos de uma casa onde viveu um pesadelo.

Natasha ofereceu ainda, há pouco tempo, 25 mil euros à família de Josef Fritzl, acusado de encarcerar e violar a sua filha durante 24 anos na cave da casa onde morava.

 

É impressão minha ou estes gajos são todos malucos?

 

Tou: incrédulo
Oiço: "Hey Hey Vickie" - Tozé Brito

.nada sobre mim

.Pesquisa-mos com carinho

 

.últimas pústulas

. Na tua cave ou na minha?

. Estes Austríacos são doid...

.Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
28
29
30
31


.últimas pústulas

. Na tua cave ou na minha?

. Estes Austríacos são doid...

.Pústulas Saradas

.Index

. todas as tags

.Coisinhas boas de se ler

. FELICIDADE

. INTROSPECÇÃO (II)

. PORQUE A MÃE JÁ TEM CARA ...

.Linques

.Donde vindes?

.Contai-vos

.Tuíta-mos

SAPO Blogs
RSS